Campanha de Vacina Influenza terá início dia 23 de abril

 

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES) de Minas Gerais, a Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza terá início dia 23 de abril e o fim da campanha será dia 1º de junho. E no dia 12 de maio será realizado o chamado Dia D, data da mobilização nacional.

Essa mudança teria ocorrido, conforme a SES, em virtude do atraso da entrega do imunobiológico pelo Instituto Butantã, de São Paulo, responsável pela produção da vacina. O instituto se justificou dizendo que, em razão da alteração de duas cepas de vírus a serem utilizadas na campanha de 2018 para produção da vacina trivalente no hemisfério sul, foi necessário importar novas cepas para poder produzir o imunizante, o que acabou atrasando a produção da vacina e a consequente dificuldade de entregar o produto para o início da campanha no dia 16 de abril.

Segundo o Ministério da Saúde aT campanha será realizada no período considerado ideal (abril e maio), antes do pico de transmissão do vírus Influenza no Brasil, que ocorre no mês de julho.

No Brasil, o público alvo deve representar aproximadamente 60 milhões de pessoas e a meta (nacional) é vacinar, pelo menos, 90% dos grupos elegíveis para a campanha de imunização. Em Minas Gerais, a SES espera vacinar 5.034.284 indivíduos.

A Influenza é um vírus de circulação sazonal e, em 2018, a vacina disponibilizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é trivalente, protegendo contra três tipos do micro-organismo: o H3N2, o H1N1 e o B.

1- Quais as complicações da gripe – Influenza 2018?

O quadro clínico da influenza costuma ser mais grave. Ocorrem febre alta, calafrios, dor de garganta, tosse, mialgias e cansaço. As complicações mais temidas são pneumonia viral ou bacteriana, síndrome da angústia respiratória (SARS) e, nos casos mais graves, óbito. As complicações ocorrem de forma mais grave em crianças abaixo de cinco anos, idosos, gestantes e puérperas (pós-gravidez) e pessoas com patologias crônicas.

2- Como se prevenir contra a gripe?

Para evitar o contágio é preciso redobrar a atenção com a higiene das mãos e evitar aglomerações. Procure utilizar lenços descartáveis, evite tossir nas mãos, que são veículos de transmissão, lave sempre bem as mãos com água e sabão e use papel-toalha, evite lugares fechados e com grande número de pessoas, mantenha os ambientes ventilados e não compartilhe objetos de uso pessoal. A vacinação é uma das formas de prevenção mais eficientes, é indicada a partir dos 06 meses de vida.

3- Quem pode ser vacinado nos postos de saúde?

O Ministério da Saúde libera a vacina contra gripe (somente a trivalente) de forma gratuita para os seguintes grupos:

  • Indivíduos acima de 60 anos;
  • Crianças de 6 meses até 5 anos;
  • Gestantes;
  • Puérperas até 45 dias após o parto;
  • Trabalhadores do segmento de saúde público e privado;;
  • Povos indígenas;
  • Grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais. (MEDIANTE A APRESENTAÇÃO DE PEDIDO MÉDICO);
  • População privada de liberdade e funcionários do sistema prisional;
  • Professores das escolas públicas e privadas.

      Em Tocos do Moji a Equipe de Saúde da Família e a Equipe de Imunização irá realizar a vacinação nos bairros após o dia 12 de maio. Conforme cronograma abaixo:

DIA 15/05  - 8:00  BAIRRO PEDRA NEGRA;

                        9:00 BAIRRO PINHAL REDONDO;

                        10:00 BAIRRO ESPRAIADO;

DIA 16/05 - 8:00 BAIRRO DAMÁZIO;

                        9:00 BAIRRO PAREDES;

                       10:00 BAIRRO MOJI;

DIA 17/05 -  8:30 às 11:00 FERNANDES;

DIA 18/05 -  8:30 às 11:00  SERTÃO